Projeto de Referência


setembro 1, 2016

Serviço de Pronto Atendimento de São Gonçalo apresenta um novo modelo assistencial no tratamento de feridas

Um novo projeto de reestruturação do modelo assistencial no tratamento de feridas foi apresentado na última terça-feira (30/08) aos colaboradores da área de enfermagem do Serviço de Pronto Atendimento de São Gonçalo. Com o apoio do Gestor, Paschoal Baltar, e orientação do Coordenador de Enfermagem, Eduardo Claveland, o enfermeiro Marcelo Moraes Faria falou sobre a missão de humanizar o atendimento nesta área, buscando qualidade na assistência ao cliente.

“Com esse projeto queremos proporcionar uma assistência de qualidade ainda maior no tratamento de feridas, com um suporte sem a necessidade de intervenção cirúrgica ou internação hospitalar, fazendo uma interlocução com as áreas de enfermagem e medicina. Isso nos torna pioneiros no Estado do Rio e potencial referência na região Leste Fluminense”, afirmou Marcelo, que é pós-graduando em Enfermagem Dermatológica.

A iniciativa também tem como objetivo aumentar a receita e diminuir o gasto com esse tipo de tratamento na Unidade, evitando ainda a transferência/internação de paciente para a rede de prestadores.

“No ano passado, realizamos e fizemos um acompanhamento de 3.016 curativos. Em 2016, até este mês de agosto, já foram 2.050. Este é somente o início do projeto, que visa atingir e conscientizar também os nossos médicos cooperados”, esclarece o enfermeiro Marcelo.